Aproveite o que de
melhor temos!
#JFVILELA
A Nossa história! #JFVILELA Juntos Construímos
um futuro!
#JFVilela
Comments Box SVG iconsUsed for the like, share, comment, and reaction icons

Carta Aberta aos Vilelenses.

Caros amigos. Neste primeiro mandato, inúmeros foram os desafios e obstáculos que tivemos de atravessar, sem nunca perder a força, a confiança e a determinação que com que sempre pautamos a nossa atuação. Desde um primeiro ano de indefinição governativa, que obrigou à gestão financeira em duodécimos, até uma administração regrada face às novas exigências de delegação de funções e redefinição administrativa dos serviços, estávamos longe de imaginar que, juntos, teríamos de enfrentar o maior problema de saúde pública deste século.

2020 é e será lembrado como o ano da mudança. Mudança na forma como nos relacionamos e mudança no modo como encaramos o futuro. Este maldito vírus, que nos afasta fisicamente, uniu-nos mais do que nunca. A única forma de sairmos vencedores desta guerra invisível, é cada um de nós, pensando num bem comum, restringir ao máximo os seus contactos interpessoais e cumprir rigorosamente as recomendações da DGS.

Perante o aumento abrupto de casos positivos na nossa freguesia, sinto-me na obrigação de apelar à nossa responsabilidade e capacidade, que muito nos carateriza, de sermos exemplo no cumprimento das normas de distanciamento físico, para que possamos voltar a ser uma comunidade ativa e de afetos.
Eu acredito e confio em todos, porque só juntos reconstruímos um futuro!
Cuidem-se.

Mariana Machado Silva
Presidente de Junta de Freguesia
... Ver maisVer menos

Carta Aberta aos Vilelenses.

Caros amigos. Neste primeiro mandato, inúmeros foram os desafios e obstáculos que tivemos de atravessar, sem nunca perder a força, a confiança e a determinação que com que sempre pautamos a nossa atuação. Desde um primeiro ano de indefinição governativa, que obrigou à gestão financeira em duodécimos, até uma administração regrada face às novas exigências de delegação de funções e redefinição administrativa dos serviços, estávamos longe de imaginar que, juntos, teríamos de enfrentar o maior problema de saúde pública deste século. 

2020 é e será lembrado como o ano da mudança. Mudança na forma como nos relacionamos e mudança no modo como encaramos o futuro. Este maldito vírus, que nos afasta fisicamente, uniu-nos mais do que nunca. A única forma de sairmos vencedores desta guerra invisível, é cada um de nós, pensando num bem comum, restringir ao máximo os seus contactos interpessoais e cumprir rigorosamente as recomendações da DGS. 

Perante o aumento abrupto de casos positivos na nossa freguesia, sinto-me na obrigação de apelar à nossa responsabilidade e capacidade, que muito nos carateriza, de sermos exemplo no cumprimento das normas de distanciamento físico, para que possamos voltar a ser uma comunidade ativa e de afetos.
Eu acredito e confio em todos, porque só juntos reconstruímos um futuro! 
Cuidem-se. 

Mariana Machado Silva 
Presidente de Junta de Freguesia

Comentar no Facebook

Eu até gostaria da mensagem se tudo fosse verdade Mariana mas infelizmente à muita gente que não está a ser responsável começando nos jovens e acabando nos mais idosos, no meu ver as pessoas não só da nossa freguesia perderam a noção de quanto isto é grave e vocês sabem muito bem pois têm olhinhos para verem que não à respeito por aqueles que realmente estão a ter os cuidados que devemos de ter, começamos pelos cafés, restaurantes, ajustamentos de pessoal famílias ou não isto é obrigado a piorar, sei que infelizmente não se pode obrigar ninguém acho eu mas vocês deveriam fazer novamente as companhas para sensibilizar as pessoas a minha honesta opinião, a começar pelos carros na rua em voz alta a explicar o que se passa o perigo ainda em que vivemos o que as pessoas têm de fazer, vesturias aos cafés, restaurantes, agrupamento de pessoas, eu vejo tanta irresponsabilidade por parte de tanta gente o que me preocupa imenso pf Mariana Machado tome medidas de prevenção alerte tudo e todos façam como fizeram no início desta maldita pandemia por si e por todos Nós obrigada 😔😔

Vai ficar tudo Bem.. Temos que ter muita força e vontade...

Parabens

Dependemos uns dos outros. Como nunca!

👏👏👏

👏👏👏

View more comments

VEJA AS RESTRIÇÕES IMPOSTASCOVID-19 | SITUAÇÃO DE CALAMIDADE

// MEDIDAS QUE ENTRAM HOJE EM VIGOR NO CONCELHO DE PAREDES

O Município de Paredes anuncia medidas de carácter imediato a implementar, hoje, 16 de outubro, em todas as Freguesias do Concelho.

Estas medidas são decorrentes da Publicação da Resolução de Conselho de Ministros (RCM) n.º88-A/2020, que determina a Situação de Calamidade, e também do crescente número de casos de infeção verificados no Concelho de Paredes.

Assim, a partir de hoje, ficam encerrados os Parques Infantis públicos, os Bares das Comissões de Festas, os locais públicos com equipamentos desportivos de atividade física e os sanitários públicos.

Destaca-se ainda a obrigatoriedade de redução dos ajuntamentos de 10 pessoas para 5 pessoas, o aconselhamento de uso de máscara na via pública, reforçando a necessidade do cumprimento do distanciamento social de 1,5 a 2 metros, cumprir a etiqueta respiratória e lavar as mãos com frequência.

Agradecemos a colaboração dos municípes com as Forças de Segurança.

Sensibilizamos a nossa comunidade para adotar todas as medidas preventivas.

📍 Proteja-se por si e pelos outros
... Ver maisVer menos

VEJA AS RESTRIÇÕES IMPOSTAS

1) «Elevar o nível de alerta de situação de contingência para estado de calamidade em todo o território nacional, podendo o Governo adotar, sempre que necessário, medidas que se justifiquem para conter a pandemia, desde restrições de circulação a outras medidas que concreta e localmente venham a verificar-se justificadas;

2) A partir das 24 h00 de hoje deixará de poder haver ajuntamentos na via pública de mais de cinco pessoas. Esta limitação aplica-se quer a outros espaços de uso público de natureza comercial ou na restauração;

3) Limitar os eventos de natureza familiar (como casamentos, batizados e outros) que sejam marcados a partir de 14 de outubro a um máximo de 50 participantes, sendo que todos terão de cumprir normas de afastamento físico e de proteção individual como o uso de máscara;

4) Proibir nos estabelecimentos de ensino, designadamente nas universidades e nos politécnicos, todos os festejos académicos e atividades de caráter não letivo ou científico, como cerimónias de receção de caloiros e outro tipo de festejos que impliquem ajuntamentos, que têm de ser evitados a todo o custo para não repetir circunstâncias que já se verificaram de contaminação em eventos desta natureza;

5) Determinar às Forças de Segurança e à ASAE o reforço de ações de fiscalização do cumprimento destas regras, quer na via pública quer nos estabelecimentos comerciais e de restauração;

6) Agravar até 10 mil euros as coimas aplicáveis a pessoas coletivas, em especial aos estabelecimentos comerciais e de restauração, que não assegurem o escrupuloso cumprimento das regras em vigor quanto à lotação e ao afastamento que é necessário assegurar dentro destes estabelecimentos;

7) Recomendar vivamente a todos os cidadãos o uso de máscara comunitária na via pública e a utilização da aplicação Stayaway Covid e a comunicação através da aplicação sempre que haja um teste positivo.

NÃO FACILITE!
... Ver maisVer menos

1) «Elevar o nível de alerta de situação de contingência para estado de calamidade em todo o território nacional, podendo o Governo adotar, sempre que necessário, medidas que se justifiquem para conter a pandemia, desde restrições de circulação a outras medidas que concreta e localmente venham a verificar-se justificadas;

2) A partir das 24 h00 de hoje deixará de poder haver ajuntamentos na via pública de mais de cinco pessoas. Esta limitação aplica-se quer a outros espaços de uso público de natureza comercial ou na restauração;

3) Limitar os eventos de natureza familiar (como casamentos, batizados e outros) que sejam marcados a partir de 14 de outubro a um máximo de 50 participantes, sendo que todos terão de cumprir normas de afastamento físico e de proteção individual como o uso de máscara;

4) Proibir nos estabelecimentos de ensino, designadamente nas universidades e nos politécnicos, todos os festejos académicos e atividades de caráter não letivo ou científico, como cerimónias de receção de caloiros e outro tipo de festejos que impliquem ajuntamentos, que têm de ser evitados a todo o custo para não repetir circunstâncias que já se verificaram de contaminação em eventos desta natureza;

5) Determinar às Forças de Segurança e à ASAE o reforço de ações de fiscalização do cumprimento destas regras, quer na via pública quer nos estabelecimentos comerciais e de restauração;

6) Agravar até 10 mil euros as coimas aplicáveis a pessoas coletivas, em especial aos estabelecimentos comerciais e de restauração, que não assegurem o escrupuloso cumprimento das regras em vigor quanto à lotação e ao afastamento que é necessário assegurar dentro destes estabelecimentos;

7) Recomendar vivamente a todos os cidadãos o uso de máscara comunitária na via pública e a utilização da aplicação Stayaway Covid e a comunicação através da aplicação sempre que haja um teste positivo.

NÃO FACILITE!

Comentar no Facebook

essas regras já deviam ter sido aplicadas pelo governo no mês de agosto!! em vez de deixar entrar os turistas da Inglaterra e de outros países para o Algarve! Agora aí temos o resultado!!!

Palhaçada

Ver mais

Rua Junta de Freguesia, N.º 24
4580 - 646 Vilela PRD
Email: secretaria@vilela.pt

logo-7

Contacte-nos

Vilela © 2020.